15 fevereiro, 2013

Frase “Deus Seja Louvado” em cédulas de real pode virar lei

O projeto que torna a expressão obrigatória está sendo analisado por duas comissões no Congresso.

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) resolveu criar um projeto de lei para impedir que a expressão “Deus seja louvado” seja retirada das notas de real.
A proposta é tornar a inscrição obrigatória por meio de uma alteração no Artigo 1º da Lei 9.069/95, que dispõe sobre o Plano Real colocando o seguinte parágrafo: “As cédulas de real terão impressas a frase ‘Deus Seja Louvado’”.
Ao defender a expressão nas notas o deputado diz que ela não fere a laicidade do estado, como o Ministério Público Federal tenta afirmar e que na verdade ela respeita a tradição cultural do povo brasileiro.
“A expressão ‘Deus seja louvado’ respeita a tradição cultural de nosso povo e não faz proselitismo de nenhuma agremiação religiosa”, diz o deputado.
“Vivemos em um mundo conturbado e precisamos cada vez mais ter gratidão ao Ser supremo que comanda nossas vidas. Não se pode perder o elo com a divindade que cada um acredita”, conclui.
O projeto apresentado por ele está tramitando nas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça em caráter conclusivo. Se for aprovado precisará ser ainda votado pelo Senado.Com informações de Exame.

0 comentários:

Postar um comentário