21 julho, 2016

Encontro de educadores traz alerta em defesa da criança

Com o objetivo de alertar os líderes infantis, pais e professores de Escola Bíblica Dominical em defesa da criança será realizado nos dias 5 e 6 de agosto, o 7º Encontro de Educadores Cristãos da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande. O evento vai acontecer no Templo Central e pretende proporcionar um maior conhecimento sobre assuntos polêmicos que envolvem as crianças nos dias atuais.
Segundo Gláucia Leal, coordenadora do departamento infantil da igreja, “o Encontro de Educadores cristãos acontece a cada ano com o objetivo de proporcionar aos nossos líderes infantis, pais e educadores EBD a oportunidade de interagir e crescer através do conhecimento, não somente bíblico, mas conhecimentos diversificados que estejam relacionados ao ensino infantil em nossas igrejas“, afirmou.
Com expectativas de atingir o público que atua com o departamento infantil, a coordenação acredita que o encontro irá promover novas estratégias e dinâmicas para serem executadas em sala de aula, cultos infantis e outros trabalhos relacionados as crianças. Inclusive, contribuir na educação familiar de um modo geral, já que serão abordadas temáticas  importantes.
Neste encontro serão abordados temas relevantes que tratam da defesa da criança frente aos ensinamentos que estão sendo transmitidos através da mídia, da escola e de outros instrumentos que favorecem uma sociedade pervertida. Nossa intenção é despertar professores, pais e líderes de todos os departamentos para leis que estão sendo elaboradas com base na destruição da família e extinção de valores que norteiam nossas crianças. É preciso que haja um despertamento em defesa da criança e da família!”, salientou.
Dr. Guilherme Schelb - Procurador da República
Dra. Damares Alves - Secretaria do Movimento Brasil Sem Aborto
A programação do encontro contará com os palestrantes convidados: Dr. Guilherme Schelb, mestre em direito constitucional, autor de diversos livros sobre educação, família e infância e atualmente Procurador Regional da República; e a Dra. Damares Alves, advogada, assessora parlamentar em Brasília e secretária nacional do Movimento Brasil Sem Aborto.
O evento traz para a nossa liderança, pais e educadores um momento de reflexão acerca das diversas situações que enfrentam nossas crianças no Brasil e, como cristãos, de que maneira podemos criar mecanismos na área jurídica que venham fortalecer a proteção da criança. Vale a pena participar e compartilhar com outros líderes e pais o que nos for transmitido durante essas plenárias“, destacou Gláucia Leal.
As inscrições seguem até o dia 01 de agosto e custam R$ 30, podendo ser feitas na Livraria Canaã, ao lado do Templo Central da IEADCG, na rua Antenor Navarro, 693, Prata e também na Livraria Rosas, rua João Tavares, Centro, por trás da Prefeitura Municipal.

Confira a programação completa:
Sexta-feira, 5 de agosto
ABERTO AO PÚBLICO EM GERAL
Local: Templo Central
Horário: 19h30
ABERTURA: Pr. Presidente Daniel Nunes da Silva
1° Plenária: Alerta geral para a família
Preletor: Dr. Guilherme Schelb
Sábado, 6 de agosto
RESTRITO AOS INSCRITOS
Local: Templo Central
Horário: 14h
2º Plenária: Educação brasileira: o que estão ensinando às nossas crianças e adolescentes?
Preletora: Dra. Damares Alves
3º Plenária: Alerta geral sobre os riscos de abuso e exploração na infância e na adolescência
Preletor: Dr. Guilherme Schelb

Sábado, 6 de agosto 
Local: Templo Central 
Horário: 19h
4º Plenária: Em defesa da vida e da família: a verdade oculta sobre o aborto
Preletora: Dra. Damares Alves

Nigéria fecha cerca de 70 igrejas por serem `barulhentas demais´

A ação controversa começou em 2007. A cidade fechou 10 igrejas até 2009 e, em 2014, fechou mais 24 congregações

Cerca de 70 igrejas foram fechadas no final de junho por serem consideradas muito “barulhentas” na cidade mais populosa da África — Lagos, na Nigéria.
A ação controversa começou em 2007, de acordo com o jornal nigeriano Vanguard. A cidade fechou 10 igrejas até 2009 e, em 2014, fechou 24 congregações.
Bola Shabi, um funcionário da Agência de Proteção Ambiental de Lagos, disse que é parte de uma meta tornar a cidade "sem ruídos" até 2020.
"Nós estivemos tão estritos que não iremos permitir igrejas improvisadas no estado por mais tempo", disse Shabi ao Vanguard. "O que quero dizer com improvisadas são igrejas que usam tendas e prédios inacabados".
O governo investiga incidentes quando são registradas queixas de vizinhos, relatou a agência Associated Press.
A cidade também foi fechou alguns hotéis, mesquitas e clubes noturnos, embora as igrejas sejam as maiores afetadas.
"Não é certo que mesquitas e igrejas perturbem outras pessoas com o ruído de suas atividades, simplesmente porque elas estão adorando a Deus", disse Tunji Bellow, comissário da cidade para o Meio Ambiente, em 2014. "A adoração a Deus não deve acontecer com tanto desconforto para os outros.”

Pastor José Satírio ministra no sul e sudeste do Brasil

Líder da Missão da AD em Cúcuta, Colômbia, estará em Florianópolis e no RJ

Neste final de semana, a Assembleia de Deus em Florianópolis (SC) receberá o pastor José Satírio dos Santos, líder da Missão da AD em Cúcuta, na Colômbia, com dezenas de milhares de membros em vários países do mundo.
Na próxima terça-feira, 26 de julho, o pastor estará ministrando na AD em Bonsucesso, no Rio de Janeiro, igreja liderada pelo pastor Jaime Soares.

Canal exibe desenho com casal gay no Brasil

Nos Estados Unidos o desenho gerou repercussão por ser o primeiro a mostrar os novos arranjos familiares
O canal infantil Nickelodeon já está exibindo no Brasil um desenho animado que mostra um casal.
Em “The Loud House” é contada a história de Lincoln Loud e suas dez irmãs, e entre seus amigos está Clyde, filho de pais homossexuais.
O primeiro episódio que mostra o casal foi exibido em 30 de junho e passou desapercebido pelo público. “Não fomos procurados por ninguém para comentar o episódio”, afirma a assessoria do canal para a revista Veja.
No desenho, os personagens Harold e Howard, um homem negro e outro branco, deixam o filho na casa de Lincoln. Foi a primeira vez que o filho dormiu fora de casa.
Segundo o site da Veja, em setembro deve passar um episódio que mostre mais a família quando a história será contada dentro da casa deles.
Nos Estados Unidos o desenho estreou essa semana e gerou grande repercussão por ser o primeiro a mostrar um casal gay. Muitas pessoas comemoraram a exibição de tal formação familiar para crianças.

Igrejas ofecerem Wi-Fi gratuito para atrair fiéis

O número de ateus na região é o maior de todo o mundo, apenas 8% da população da antiga Alemanha oriental acredita em Deus
Entra, tem Wi-Fi grátis. Será mais ou menos assim que as igrejas protestantes da Alemanha tentarão atrair novos fiéis.
De olho na população jovem e secularizada, as igrejas resolveram atraí-los oferecendo conexão com a internet.
Todas as igrejas protestantes da antiga Alemanha Oriental estão envolvidas nesse plano, no total são 220 templos em Berlim, número que pode ser expandido para 3 mil congregações e centros comunitários nos próximos meses.
“Queremos mostrar que os edifícios da igreja ainda podem ser locais de encontro para a comunicação”, disse Christoph Heil, o porta-voz do projeto.
O Wi-Fi gratuito faz parte de uma das comemorações antecipadas pelo 500° aniversário da Reforma Protestante de Martinho Lutero que será comemorado em 2017. “As pessoas não estão menos espirituais do que antes, mas o ponto da Reforma era que a igreja precisa evoluir continuamente”, diz Hell.
O projeto ganhou o nome de “Godspots” e deve fazer com que até o ano que vem as igrejas protestantes sejam as maiores provedoras de Wi-Fi aberto de toda a Alemanha. Com informaçõesOlhar Digital

08 julho, 2016

Aline Barros lança coleção de esmaltes e batons

A cantora se torna a pioneira no gospel ao assinar uma linha de cosméticos
Na tarde desta quarta-feira (6) a cantora Aline Barros esteve em São Paulo para lançar uma linha de cosméticos com a Luxor Cosmetic.
São 12 cores de esmaltes, 12 cores de batons e um perfume feminino. Produtos que, de acordo com a cantora, ajudarão as mulheres a externar a beleza interior.
“Nós temos que estar bonitas por dentro e por fora”, afirmou a cantora que fez questão de participar de todo o processo da criação desses produtos, escolhendo as cores e testando a qualidade e durabilidade dos produtos para, então, aprovar o lançamento.
Foi ela também que escolheu o nome das cores e se inspirou na Bíblia para escolher características que uma mulher deve ter como bondade, virtude, temperança, alegria e outras palavras que foram traduzidas para o francês dando nome a cada um dos produtos.
A linha toda ganhou o nome de “Graça”, o mesmo dado aos mais recentes trabalhos da cantora, tanto musicais, como o livro “Graça Extraordinária” que pode se encaixar como um livro de autoajuda.
Aliás, os trabalhos da cantora junto ao público feminino estão se interligando. A Conferência Herdeira, por exemplo, realizada pela Igreja Internacional da Zona Sul, foca no atendimento espiritual às mulheres. Já o livro mostra experiências de quem viveu situações sobrenaturais, dando força para quem enfrenta as mais diferentes situações, curando a alma. E agora chega a linha de maquiagens, para aumentar a autoestima da mulher, fator importante para que ela se sinta bem consigo mesma.
Produtos Aline Barros
Produtos Aline Barros
“Tudo faz parte de uma mensagem maior que a gente quer passar e transmitir para todas as mulheres”, disse ela ao Gospel Prime. “A beleza está diretamente ligada ao seu coração, uma pessoa que está bem por dentro vai querer realçar ainda mais a sua beleza”.
A Luxor Cosmetic procurou a cantora e sugeriu a parceria. Foram dois meses de trabalho para escolher todas as cores e as embalagens. Os produtos serão vendidos em perfumarias e também na loja virtual da empresa.
Com esse lançamento, Aline Barros se torna a pioneira entre os artistas evangélicos a lançar uma linha de cosméticos. Ela entende que as críticas virão, mas não tem medo por saber que muitas mulheres evangélicas se interessam por maquiagem, tanto que na coleção Graça tem cores neutras, para as mais discretas, e vibrantes para que as que não possuem restrições.
Questionada sobre a relação entre as evangélicas e a beleza, Aline lembrou a preparação de Esther antes de encontrar com o Rei e que ele se encantou por sua beleza. “A mulher precisa cuidar sim da beleza e da saúde. Se você estiver com seu coração bonito, formoso, você vai querer externar isso”, afirmou.

CGADB celebra “acordo de paz” e reintegra Samuel Câmara

Acordo foi celebrado nesta quinta (7)
Os processos judiciais que se arrastavam desde 2013 e dividiam a Convenção Geral das Assembleia de Deus do Brasil (CGADB) foram encerrados nesta quinta-feira (7) após uma longa reunião. A Mesa Diretora e os pastores Samuel Câmara, Jônatas Câmara e Ivan Bastos, comprometeram-se a cessar os litígios.
Segundo os documentos que foram divulgados, foram reintegrados ao quadro de associados Samuel Câmara e Ivan Bastos.  A Confrateres também participou do acordo, assinado após uma longa reunião em um hotel no Rio de Janeiro. O pastor Ivan, como líder da entidade, passará a gerir a tesouraria da Convenção, usufruindo de todos os direitos que lhe confere o Estatuto.
Termo do Acordo divulgado pelo pastor Geremias do Couto.
Termo do Acordo divulgado pelo pastor Geremias do Couto.
Ambas as partes se comprometeram a retirar todas as ações e recursos impetrados contra a instituição, que cobravam uma multa e bloqueavam as contas da CGADB, da CPAD e do pastor  José Wellington Bezerra da Costa, atual presidente.
Por decisão da 1ª. Vara Cível e Acidentes do Trabalho de Manaus, em abril, o bloqueio ocorreu pela falta de pagamento de R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reais) referente às multas acumuladas.
Ao JM Notícias, Ivan Bastos declarou: “O pastor Samuel retirou todos os processos e foi reintegrado a CGADB. Vivemos em tempo de paz. Assinamos ontem um documento, perante a Mesa Diretora, perante nossos advogados, todos assinaram a ata”. Agora, o líder da Confrateres, disse ainda que deve assumir de fato a tesouraria da CGADB, com acordo de paz celebrado no dia de ontem.
Também foi anunciado que na próxima eleição da CGADB, em 2017, será abandonada definitivamente a proposta de uma chapa única “de consenso”. Todos os interessados poderão concorrer livremente.

“Evangélicos são os melhores amigos de Israel”, afirma Netanyahu

Declaração foi feita a líderes cristãos no Quênia
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu está em visita ao continente africano, onde se encontrou com evangélicos pró-Israel no Quênia. A recepção que teve na capital Nairobi mostra a popularidade do premiê.
CBN News relata que o encontro de Netanyahu com os cristãos africanos foi marcado por uma calorosa recepção e declaração de apoio ao Estado de Israel. Por sua vez, o líder judeu convidou todos para viajar até a Terra Santa. “Visite Jerusalém, visite Nazaré. Você pode ver todos os lugares mencionado na Bíblia”, insistiu.
Lembrou em seu discurso que naquela terra viveu Jesus e que há uma forte perseguição aos cristãos em muitos lugares no Oriente Médio, mas eles sempre são bem-vindos em Israel. “Vocês veem o que está acontecendo com o Estado Islâmico, na região do Iraque… Só existe um lugar no Oriente Médio onde a comunidade não está encolhendo, pelo contrário, continua se expandido e está em segurança. E esse lugar é Israel”.
Dirigindo-se aos líderes evangélicos, foi enfático: “Não temos melhores amigos no mundo. Ninguém! Agradecemos essa amizade”. Após sua fala, Netanyahu recebeu como presente uma estátua representando o “leão de Judá”.
A visita foi histórica, pois havia décadas um primeiro-ministro não visitava a África. Nos últimos dias, ele participou de uma minicúpula regional em Uganda sobre segurança e terrorismo junto com os chefes de Estado do Quênia, Ruanda, Etiópia, Sudão do Sul, Zâmbia e Malauí.
O objetivo é estabelecer novas relações de Israel com as nações africanas e cooperação em áreas como saúde, segurança e tecnologia. “O resultado de nossa cooperação pode ser mais segurança e mais prosperidade”, acredita o premiê.

300 muçulmanos queimam casas de cristãos para impedir construção de igreja

Líder copta foi morto por “lutar contra o Islã”
Uma multidão formada por cerca de 300 muçulmanos incendiou pelo menos quatro casas de cristãos na aldeia Kom El Loofy em Samalout, Egito. A justificativa era a tentativa de impedi-los de construir uma igreja na região.
A ONG Christian Solidarity Worldwide, divulgou uma nota onde pede que o governo egípcio promulgue uma lei para regulamenta a construção e reforma de templos cristãos, garantindo a eles os mesmos direitos do restante da população.
Segundo informações divulgadas pela imprensa, Ashraf Khalaaf, o cristão copta dono do terreno onde a igreja seria construída foi convocado a ir até uma delegacia e assinar documentos onde se compromete a não edificar um local de culto. Mesmo assim, os radicais islâmicos incendiaram casas dos cristãos pouco tempo depois na tentativa de expulsá-los da cidade.

Perseguição histórica

Os cristãos coptas no Egito sempre enfrentaram algum tipo de perseguição por sua fé desde que os muçulmanos assumiram o poder no país.  Um dos casos recentes mais emblemáticos foi adecapitação de 21 coptas pelo Estado Islâmico, em 2015.
O bispo Amba Angaelos, um dos principais líderes cristãos do Egito, afirmou na ocasião: “Estes homens pagaram o preço final, mas deram um impulso à causa de defendermos a todos aqueles que são perseguidos. Também nos mostraram que havia um nível de maldade contra o qual todos nós deveríamos nos unir contra, além de mostrarem um nível de coragem, fidelidade e desafio que todos devemos aspirar”.
Semana passada, o ramo egípcio do Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pela morte do padre copta Raphael Mousa, na cidade de El-Arish. A justificativa é que ele “ lutava contra o Islã”. Com informações de Christian Post

06 julho, 2016

Magno Malta pede prisão perpétua para ex-marido de Bianca Toledo

Pastora anunciou o divórcio nesta semana e fez acusações contra Felipe Heiderich
A situação vivida pela pastora Bianca Toledo foi mencionada no plenário do Senado Federal em Brasília nesta quarta-feira (06). O senador Magno Malta (PR/ES), em seu discurso, usou o caso para reforçar seu pedido por leis mais rígidas no país para pedófilos condenados pela justiça.
Nos vídeos que divulgou durante os últimos dias, Bianca Toledo anunciou a separação e explicou que seu agora ex-marido, o pastor Felipe Heiderich revelou a ela sua homossexualidade, que sempre manteve escondida. Depois de confessar também um caso de pedofilia, tentou o suicídio, mas sem sucesso. Ele teve a prisão decretada e está na penitenciária de Bangu, no Rio de Janeiro.
No material divulgado nas redes sociais ontem (5), ela afirmou que como mãe de um filho pequeno, está passando por um dos piores momentos de sua vida. Também havia avisado que o senador Malta, que acompanha a situação iria se pronunciar.

Revelação chocante

Ao começar sua fala, Magno lembrou que liderou uma CPI da Pedofilia no país e, por conta das investigações padres e pastores foram presos. De maneira contundente, ele explicou não acreditar que existam líderes religiosos pedófilos. “O que existe são criminosos, que se valem da vida sacerdotal para poder abusar”, sublinhou.
Insistiu que a prisão perpétua seria a melhor opção nesses casos e disse esperar que Felipe e pessoas como ele “apodreçam na cadeia”. Caracterizou as pessoas que fazem isso de “repugnantes”. O aspecto mais chocante da fala do senador foi a revelação que a criança que o ex-marido de Bianca abusava era seu próprio enteado, José Vitório, de 5 anos.
O menino é fruto do relacionamento da pastora com Renato Pimentel, seu primeiro marido. Os dois brigam na justiça por causa das visitas ao filho. A separação não foi amigável, pois ela o acusava de traição e ele faz críticas ao comportamento dela depois que ficou famosa.

Assista na íntegra:

Marco Feliciano debate com Felipe Neto e ouve pedido de desculpas

Cristãos estão dispostos a dar a vida por uma cópia impressa da Bíblia

Projeto investe em maquinário que facilita impressão em áreas de grande perseguição
Os cristãos que vivem a realidade das igrejas subterrâneas, principalmente em países muçulmanos, preferem ler a Bíblia impressa a usar uma versão digital das Escrituras.
Os tradutores da Bíblia que trabalham com a missão Wycliffe ficaram surpresos com a descoberta, uma vez que estavam investindo na divulgação de softwares e aplicativos tão populares entre os cristãos do ocidente. Questões culturais e históricas influenciam nessa escolha.
David Reeves, um dos líderes do ministério de mídia da Wycliffe, explica que os pedidos de Bíblias no modelo tradicional os pegou de surpresa. Segundo site Mission News Network, isso é um desafio para a missão e um testemunho de fé, pois em alguns países é proibido possuir um exemplar das Escrituras.
Segundo o missionário, a impressão de cópias da Bíblia precisa ser feita secretamente nas regiões onde trazê-las do exterior seria mais perigoso. O projeto incluiu o desenvolvimento de um maquinário compacto o suficiente para ser transportado secretamente e bom o suficiente para imprimir milhares de cópias do Novo Testamento.
Reeves explica que até agora eles tiveram sucesso. Somente no ano passado foram impressos mais de 190.000 exemplares, tanto de Novos Testamentos quanto de literatura cristã. “Um sistema de impressão sob demanda vem sendo usado por nossos irmãos e irmãs para imprimir a Escritura em lugares que de outra forma não seriamos capaz de entrega-las”, comemora.
Como exemplo, ele menciona projeto em países do Oriente Médio, a Indonésia, a Etiópia e no nordeste da Nigéria.
Para novos projetos, eles mantêm a cautela. “Há riscos de segurança e sabemos disso. Mesmo assim, nossos irmãos e irmãs estão dispostos a correr esses riscos. Alguns até dizem que pagariam com suas vidas se fosse necessário. No início deste ano, um lugar onde trabalhávamos no Oriente Médiofoi descoberto e quatro irmãos foram mortos. Mas um sobreviveu. Vamos substituir o sistema, porque eles querem que continuemos imprimindo”, finaliza. Com informações Christian Today